Morreu o cavaleiro Pedro Louceiro II

O cavaleiro Pedro Louceiro II, de 66 anos, que nasceu em Sousel, morreu ontem no México, vítima de aneurisma. 

Pedro Louceiro II morreu em casa de um amigo, onde se encontrava, próximo da Cidade do México, informou o seu cunhado e ganadeiro Enrique Fraga, ao Farpas.

Pedro António Louceiro Firmino, Pedro Louceiro II, como era conhecido, natural de Sousel, onde nasceu em 1 de Dezembro de 1952, acompanhou muito jovem (após o serviço militar em África) os seus Pais para a aventura Mexicana, radicando-se na Cidade do México.

Filho de D. Pedro Louceiro I, ilustre e querido Cavaleiro Tauromáquico Souselense, rapidamente se voltou para a Tauromaquia para ela e dela viver.

Exímio cavaleiro, intuitivo toureio e valente forcado. Nos touros teve o privilégio de fazer quase tudo, e bem.

Foi o primeiro Forcado a pegar na Praça Touros México, pegando o touro lidado pelo seu Pai, D. Pedro Louceiro I, no ano de 1976.

Desta efeméride, com a ajuda dos Irmãos Fuentes e juntando um punhado de homens inexperientes mas ousados e dispostos a dar tudo por ele e pela causa, fundaram o primeiro Grupo de Forcados do México, em 1978 – Forcados Mexicanos.

Fonte e inspiração para todos os Grupos de Forcados Mexicanos actualmente existentes que ali foram beber enseñanzas.

Após a passagem pelos Forcados, à volta de 15 anos, decidiu fazer-se, tal como seu Pai, Cavaleiro Tauromáquico, profissão que exerceu até ao ano de 2013.

Pedro Louceiro II recebeu alternativa a 19 de Janeiro de 1986 na praça de Guadalajara (Estado de Jalisco), apadrinhado por seu pai, com o testemunho de Jorge Hernández Gárate, Eduardo Funtanet e Paco Barona, com toiros da ganadaria La Playa.

Em Dezembro de 1997 confirmou a alternativa na Monumental Plaza México, com Enrique Fraga (cunhado) como padrinho, com quem toureou mano-a-mano e também com os matadores António Urrutia e Óscar Higares, frente a toiros de Los Martínez (para cavalo) e de Manuel Martínez Ancira (para pé).

Dos primeiros ensinamentos equestres, a cargo de D. José de Ataíde, ainda em Portugal, aprofundados pelo seu Pai, fez escola e dedicou-se também ele ao ensino até aos últimos dias.

Pai de Pedro Louceiro III, Cavaleiro Tauromáquico, Ana, queridíssima aficionada, Diego e Miguel, ambos valorosos forcados, Miguel foi ele também Cabo, dos Forcados Mexicanos.

Pedro Louceiro II era também cunhado do Matador de Touros, Rejoneador e actualmente Ganadero Enrique Fraga.

Pessoa querida, com larga e intensa experiência de vida, deixa muitos ensinamentos e sobretudo saudade.

À Família enlutada endereçamos os sentidos pêsames.

Fotos: FarpasBlogue

 

Ultimos Artigos

Artigos relacionados