Espanha: Praças da Casa Chopera registam 225 mil espectadores em 2017

Num artigo publicado na Revista Aplausos, é tornado público que a empresa Casa Chopera, que no início da temporada se uniu ao Grupo BAL, alcançou cerca de 250.000 espectadores em 2017 nas praças de toiros por si geridas em Espanha: Bilbao, San Sebastián, Salamanca, Almería, Logroño e Palencia.

Segundo a empresa, representada por Pablo e Óscar Chopera, “notou-se em 2017 uma melhoria ao nível económico quando comparado com os últimos anos”.

Contudo, acrescentam os irmãos que ainda faltam muitos esforços para recuperar praças que atravessaram momentos muito complicados, o que passa por uma estratégia de comunicação inteligente: “Dá motivação ver que aumenta a afluência do público e que o ambiente melhora de ano para ano, mas para que isso suceda há que fazer feiras de grande qualidade e levar a cabo desenhos de comunicação e iniciativas adicionais, o que supõem um gasto muito maior. Mas logicamente que com essa aposta na comunicação esperamos conseguir uma maior afluência de público e rentabilizar a empresa para o futuro”.

Óscar Chopera refere ainda a importância de uma gestão cuidada dos orçamentos disponíveis quando os negócios não correm tão bem como o esperado: “Se a praça enche é porque há um grande interesse em ver os protagonistas, que são o toiro e o toureio, e nesse caso há que pagar obviamente os valores máximos acordados porque conseguimos alcançar esses valores com as receitas de bilheteira. O problema é quando a praça não enche. Nesses casos, o ganadeiro e o toureiro não podem perder, mas o empresário também não. Daí que seja importante que exista um equilíbrio financeiro para qualquer circunstância menos positiva, o futuro das praças depende disso. E a chave para isso é que haja transparência entre as partes e que essa transparência gere a confiança necessária para que seja possível alcançar esse equilíbrio”.

Os empresários admitem ainda que a descida do IVA foi importante para o sector, o que permitiu à empresa baixar os preços dos bilhetes em algumas das praças, nomeadamente em Bilbao e Salamanca, onde se criaram, por exemplo, abonos jovens a preços bastante apetecíveis.

Em 2017, a Casa Chopera organizou um total de 53 espectáculos (entre corridas de toiros e de rejoneio, novilhadas, festejos populares e classes práticas), o que contou com 225.000 espectadores. Em termos estatísticos, registou-se um aumento na casa dos 10 a 15% de espectadores em todas as praças, tendo Bilbao liderado o número de entradas (70.000).

 

 

 

 

Fotografia: Pureza y Emoción

Ultimos Artigos

Artigos relacionados