Bravura para Condessa Sobral e Apresentação para Pinto Barreiros em noite morna em Évora

Crónica

Crónica do 59.º Concurso de Ganadarias de Évora.

  • 59.º Concurso de Ganadarias de Homenagem ao Sr. João Patinhas
  • 19/ 05/ 2018 – Praça de Toiros de Évora
  • Cavaleiros: Luís Rouxinol, Vítor Ribeiro e Marcos Bastinhas
  • Grupo de Forcados Amadores de Montemor e Évora, capitaneados respetivamente por António Vacas de Carvalho e João Pedro Oliveira
  • Toiros de Condessa Sobral, Branco Núncio, Pinto Barreiros, Dr. António Silva, Canas Vigouroux e Calejo Pires.

 

Perante três quartos de praça, o tauródromo eborense recebeu o seu tradicional Concurso de Ganadarias, este ano de homenagem ao Sr. João Patinhas. E foi por essa homenagem que o espetáculo começou, tendo a empresa Toiros e Tauromaquia agraciado Bernardo Patinhas, filho do homenageado, após ser revista a carreira de seu pai como forcado.

Quanto ao espetáculo, abriu praça Luís Rouxinol frente a um reservado toiro de Calejo Pires. Após brinde aos filhos de António Manuel Cardoso (Néné), o cavaleiro de Pegões rubrica uma lide de boa nota, cravando com acerto a ferragem da ordem. No seu segundo toiro, um exemplar de Dr. António Silva, com 585 kg, depois de iniciar a sua atuação algo intermitente, rubrica uma lide limpa finalizada com o habitual para de bandarilhas.

A Vítor Ribeiro, que reapareceu após dois anos de ausência, coube lidar os exemplares de Condessa Sobral e de Pinto Barreiros. No seu primeiro, um cumpridor de Condessa Sobral, Vítor Ribeiro rubrica uma lide em plano positivo. Frente ao Pinto Barreiros, toiro que também cumpriu e bem a sua função, Ribeiro após se dobrar com o oponente no centro da arena, crava o primeiro comprido de boa nota. Nos curtos esteve meritório na forma como preparou, cravou e rematou as sortes. Feliz reaparição de Vítor Ribeiro, toureiro que engrandece a festa de toiros.

Completava o cartel, Marcos Bastinhas com uma primeira atuação em tom morno, finalizada com um par de bandarilhas. No segundo toiro de seu lote, um Núncio que cumpriu, Marcos Bastinhas esteve francamente bem na colocação da ferragem comprida. Nos curtos, assina uma atuação em plano regular, finalizada com um ferro de palmo de boa nota.

No capítulo dos forcados, pelos Amadores de Montemor, foram solistas Francisco Bissaia Barreto com raça à segunda tentativa contando com preciosa primeira ajuda de António Cortes Monteiro; Francisco Borges, forcado de eleição que não esteve nos seus dias, à quarta tentativa e por fim João da Câmara ao segundo intento.

Pelos capitaneados de João Pedro Oliveira, foram forcados da cara António Torres, com determinação ao primeiro intento; o cabo João Pedro Oliveira à terceira tentativa, frente a um oponente de Dr. António Silva que investia com prontidão. Fechou esta noite de toiros, Ricardo Sousa com galhardia à segunda tentativa.

Em noite de concurso, o prémio Bravura coube ao toiro de Condessa Sobral e o prémio Apresentação ao exemplar de Pinto Barreiros.

Raul Pascoal

Ultimos Artigos

Artigos relacionados