Sobre a Concentração Pelo Mundo Rural

Pela promoção, defesa e valorização do Mundo Rural e das suas “Gentes”. Leia qual o objectivo desta concentra-se e junte-se à causa.

Afirmar bem alto, com o nosso natural orgulho, as nossas raízes, a nossa cultura e tradições, um modo de vida, de valores e princípios, com equilíbrios sociais e em harmonia com a natureza e as suas regras.

O Portugal Rural é para afirmar e promover. Não aceitamos a desertificação de parte do território nacional, nem o esquecimento dos Portugueses que vivem no Mundo Rural.

O Portugal Rural não pode ser o Portugal “Coitadinho”. Não nos resignamos!

A agricultura, a pecuária, a caça, a pesca, a apicultura, a canicultura, a tauromaquia, a columbofilia ou a dieta mediterrânica, integrando o consumo de carne, e tantas outras atividades, integram os nossos ancestrais modos de vida e a nossa cultura.

Mais do que o Mundo Rural, está em causa toda a sociedade. Apenas o desconhecimento da vida rural pode justificar as decisões e incongruências discursivas a que temos assistido.

A 7 de outubro, num grupo na rede social Facebook iniciado por André Grácio, ganhava forma a ideia de promover e de afirmar o “Mundo Rural”, com a organização de uma concentração a ter lugar em Lisboa, no dia 22 de novembro, pelas 15h, no Terreiro do Paço. Passadas 72h da sua criação, este grupo contava já com 18 mil membros, sendo hoje mais de 24 mil.

Este é o momento, após a tomada de posse de um novo governo, de reclamar e de exigir a concretização de políticas públicas e de medidas que valorizem o Mundo Rural e as suas “Gentes”.

Não queremos ser ostracizados. Queremos condições que permitam continuar a viver no Portugal longe do litoral e das áreas metropolitanas. Não reclamamos passes urbanos, nem melhor mobilidade nas grandes cidades onde não vivemos. Queremos discriminações positivas em algumas políticas públicas, como a fiscalidade, mas também uma atitude cultural de respeito, de promoção e de valorização da nossa identidade. Não aceitamos ser aculturados.

Esta é uma concentração legal e autorizada pelas entidades competentes. É também APARTIDARIA, PACÍFICA/CIVILIZADA e DIGNA.

A organização desta concentração demarca-se de qualquer mensagem reivindicativa sectorial, mas compreende quem o fizer com educação e respeito.

Podemos e devemos expressar a nossa individualidade com recurso a símbolos, bandeiras e tarjas das nossas localidades, grupos e associações.

A concentração “JUNTOS PELO MUNDO RURAL” será a primeira expressão de união de vários sectores do Mundo Rural. Queremos chegar e estar EM PAZ!

No dia 22 de novembro, a Nossa Mensagem será apenas uma: #JuntosPeloMundoRural

Ultimos Artigos

Artigos relacionados