“Não sou aficionado de touradas, mas sou aficionado do respeito pela cultura dos outros”

Pedro Adão e Silva, Ministro da Cultura, segundo notícia da Rádio Campanário, deixou clara a sua posição relativamente à nossa cultura tauromáquica.

Pedro Adão e Silva esteve ontem, dia 9 de maio, em Marvão para apresentar o orçamento de estado para 2022, onde à margem da apresentação foi questionado pelo deputado do PS, Eduardo Alves (do círculo eleitoral de Portalegre), sobre a “importância do papel da cultura popular nos territórios, o atual governante responsável pela Cultura, falou sobre outra forma de cultura popular a tauromaquia”.

O atual Ministro da Cultura deixou a seguinte reposta: “Eu não sou aficionado, mas fui bastante à tourada até aos meus 15 anos de idade, na companhia do meu avô que, entretanto, faleceu e depois deixei de ir. (…) como já referi não sou aficionado de tourada mas há uma coisa que eu sou aficionado: É do respeito pelas práticas culturais dos outros” acrescentando “acho fundamental que quem tem responsabilidades na politica e na cultura saiba respeitar as práticas dos outros e espeitá-la significa respeitarmos o gosto dos outros porque respeitarmos aqueles que têm o gosto que nós temos, isso não custa nada.”

Oiça a intervenção completa no site da Rádio Campanário – AQUI

Ultimos Artigos

Artigos relacionados