António Vacas de Carvalho: “O trabalho da fundação LVida é de salutar”

No dia 1 de Junho, a Praça de toiros das Caldas da Rainha recebe um Festival benéfico a favor das vítimas do furacão que destruiu Moçambique. António Vacas de Carvalho diz que o grupo vai estar na maior força por Moçambique. 

Sob o mote “Uma Festa por Moçambique”, no próximo dia 1 de Junho a Praça de toiros das Caldas da Rainha receberá um Festival benéfico a favor das vítimas do furacão que assolou aquele país no passado mês de Março.

Em praça estarão os cavaleiros Ana Batista, Joao R. Telles jr, António M. Brito Paes e Joaquim Brito Paes, os espadas Manuel Dias Gomes e Vasco Veiga e os Grupos deForcados Amadores de Montemos e Caldas da Rainha, enquanto os toiros serão gentilmente cedidos pelas ganadarias Prudêncio, Ribeiro Telles, Dr. António Silva, Manuel Veiga, Pégoras e Soc. das Silveiras.

Tauronews esteve à conversa com António Vacas de Carvalho, cabo dos Amadores de Montemor que afirma: “Para o Grupo de Montemor é muito importante estar nas Caldas pois fazemos questão de estar sempre ao lado das boas iniciativas e por uma boa causa. O trabalho da fundação LVida é de salutar, e vamos estar na nossa maior força nas Caldas da Rainha por Moçambique!”.

O evento conta com a organização do Grupo de Forcados Amadores das Caldas da Rainha, em colaboração com a Fundação.LVida (a favor da qual reverterão todas as receitas) e o apoio institucional da Prótoiro.
Este festival, mais do que um simples evento, é uma demonstração inequívoca da solidariedade que sempre caracterizou o sector tauromáquico.

Artigos Similares

Destaques