Forcados do Redondo mudam de cabo

Hugo Figueira, cabo dos Amadores do Redondo, anunciou que ontem na corrida de Estremoz que a pega ao terceiro toiro da corrida foi a sua última pega enquanto cabo do grupo. Passou a pasta do grupo a Daniel Silva.

O Grupo de Forcados Amadores do Redondo emitiu um comunicado que em seguida damos a conhecer.

O Grupo de Forcados Amadores de Redondo vem por este meio informar que, a Corrida de
Toiros que se realizou no passado dia 17 de Julho de 2021 em Estremoz, e na qual o GFAR
marcou presença, foi a última em que foi capitaneado pelo Cabo Hugo Figueira!!
Hugo Figueira entrou no GFAR em 2005 e dedicou 16 anos da sua vida ao Grupo de Forcados
Amadores de Redondo, terra de onde é natural. Desde menino que o seu gosto pela Festa
Brava o levou a seguir este caminho, tendo tido a sua primeira fardação em Queijas no ano de
2007. Em 2008, na Praça de Toiros de Arronches, pega o seu primeiro Novilho, lidado então
pelo promissor Miguel Moura.
Segue-se um trajecto natural onde sempre se assumiu como Forcado de Caras, fazendo da sua
coragem, força mental, galhardia e amor à Tauromaquia, as bases para o seu percurso até
chegar a cabo no Ano de 2015, sucedendo a Domingos Jeremias.
Exerceu a sua função com toda a dedicação e amor à “Jaqueta Carmin”, apanhando esta
situação extremamente difícil da Pandemia, sem dúvida o “toiro mais difícil” que teve de
pegar!! Escolheu despedir-se em 2021, não como mereceria (na arena de um atolado Coliseu
de Redondo, numa quente noite de Agosto!) mas com a descrição e a humildade que o seu
coração pede neste momento! Razões do foro pessoal impendem-no de continuar a sua
dedicação ao GFAR, e como tal preparou a sua saída e a consequente sucessão! Esta sucessão
foi pensada pelo Hugo no final do ano 2020 e em reunião no passado dia 2 Maio o sucessor
estava encontrado!
Daniel Silva, 24 anos de idade será o novo Cabo dos Forcados Amadores de Redondo!
Habituado desde muito novo a seguir o GFAR, devido aos seus irmãos Bruno Silva e João Silva,
forcados do grupo, ainda muito menino viu os seus irmãos seguirem este grande trajeto de
dedicação ao grupo. Iniciou as suas lides mais a sério em 2012, tendo tido a sua primeira
Fardação em 2014, no Coliseu do Redondo. Um valoroso forcado, que conquistou o seu espaço
num lugar que é destinado aos de muita fibra e sangue frio, o lugar de “Primeiro Ajuda”,
sucedendo a outras figuras do GFAR nessa posição, onde teve certamente a sua inspiração no
seu irmão João!!
O Grupo de Forcados Amadores de Redondo agradece toda a dedicação, amor, coragem,
valentia, humildade e altruísmo com que Hugo Figueira envergou a nossa jaqueta, desejandolhe toda a sorte e sucesso na sua vida pessoal e profissional! Que a partir de hoje todas as suas
pegas sejam efectuadas à primeira tentativa, seguidas de volta e ovação!!
Um enorme BEM HAJA aos dois!!
Um APLAUSO de pé!!
Um grandioso OLÉ
O Grupo de Forcados Amadores de Redondo!!

Ultimos Artigos

Artigos relacionados