Coruche, 23 abril | Entrevista ao ganadero de Cunhal Patrício

No próximo dia 23 de abril celebra-se a primeira corrida do abono coruchense na temporada de 2022. Inicia-se com o Festival Novas Gerações, que conta com a presença de seis cavaleiros praticantes cheios de vontade de triunfar frente a um curro da ganadaria Cunhal Patrício.

 

TN: Alberto Cunhal Patrício é o ganadero e desde que a ganadaria está consigo e com o seu irmão este será o primeiro curro que irão lidar – é assim?

APD: Sim, vai ser o primeiro curro a lidar. No entanto tenho que corrigir um pormenor na pergunta, Alberto Cunhal Patrício era o Sr meu avô, fundador da ganadaria, eu sou Alberto Patrício Dias.

 

TN: A curro escolhido para Coruche é composto por toiros ou novilhos?

APD: Para o festival de Coruche vai uma corrida de toiros com 4 anos.

 

TN: Sendo a primeira corrida que lida terá uma responsabilidade acrescida, ou como lida com “momentos” como este?

APD: A responsabilidade será sempre muita, vai ser a primeira e logo em Coruche, na nossa terra. Como irei lidar com estes momentos não sei, pois vai ser a primeira vez, mas seguramente com muitos nervos!!

 

TN: A ganadaria Cunhal Patrício pasta em Coruche, isso faz com que sinta a praça de Coruche como mais especial?

APD: Nós somos de Coruche por isso a praça da nossa terra tem sempre um sabor especial.

 

TN: Sente que uma corrida com cavaleiros novos, que procuram o triunfo para conquistarem o seu lugar, como é o caso desta, pode ser uma vantagem para ver lidar os toiros?

APD: Eu penso que é muito importante as empresas darem oportunidades ao novos, pois vão ser eles as figuras do futuro, e isso vai fazer com que a vontade de estarem bem seja muita. Irá seguramente haver muita competição e isso sem dúvida poderá valorizar os toiros.

 

TN: Quais as suas expetativas para este Festival Novas Gerações?

APD: O que eu mais gostava é que os toiros ajudassem para que os toureiros possam estar bem, que os forcados façam grandes pegas, para que no fim o público fique satisfeito e volte para a próxima corrida. Assim estaremos todos a dignificar a festa que tanto gostamos. Viva a Tauromaquia!!

 

Obrigado, Alberto, pela sua disponibilidade e desejamos toda a sorte para este primeiro desafio da ganadaria, em Coruche, e que venham muitos mais.

Ultimos Artigos

Artigos relacionados