A Saga em Madrid continua…tarde de silêncios!

Las Ventas pelas 18h portuguesas abriu portas para a terceira do abono, contando com uma terna muito interessante. Diego Urdiales, David Mora e José Garrido. 

Esperou-se um extraordinário Curro de Toiros da afamada “El Pilar”, com boa apresentação, sérios por “diante”, com raça e de destacar o quinto Toiro que possuía mais mobilidade e bravura.

Urdiales não teve sorte no seu lote, no seu primeiro Toiro conseguiu boas tandas pela mão direita a um Toiro que demonstrou mobilidade. O diestro não conseguiu entender bem o seu oponente, tendo assim uma faena dita incompleta. No seu segundo sem qualquer hipótese, mando perdido, cedo se rachou e se refugiou em tábuas, junto dos “toriles”.

David Mora, um Matador muito acarinhado pela Afición de Madrid não teve uma tarde sonhada.  Perante o terceiro Toiro da tarde, fez Mora o que pôde! Um Toiro com raça mas sem opções, o diestro cedo entrou a matar. No seu segundo Toiro do Lote, manso e sem qualquer faena possível o Matador não conseguiu também fazer nada do seu inimigo! Matou, trás três avisos, tendo “bronca”.

José Garrido, um diestro com uma tauromaquia barroca e à antiga. Andou esforçado e com raça toureira. Dois Toiros também de Pilar sem opções, o que ainda possuiu mais condições de lide foi o seu sexto, foi um animal que veio a mais e com força, pelo que nada mais.

De destacar um tércio de bandarilhas extraordinário do Bandarilheiro (de ouro) de David Mora, Angél Otero! Madrid rendeu-se aos homens de Prata!

Diego Urdiles; Silêncio com aviso, silêncio. 

David Mora; Silêncio com três avisos – bronca, silêncio. 

José Garrido; Silêncio e silêncio.

 

Apontamentos de Duarte Justino

Artigos Similares

Destaques