Resumo do Desafio Ganadero em Madrid

A Monumental de Las Ventas, em Madrid, recebeu ontem o desafio ganadero entre as divisas de Saltillo e Los Maños. Em praça estiveram, para lidar os toiros das duas divisas em “confronto” os matadores de toiros Sanchez Vara, Luís Bolivar e Thomas Dufau.

O destaque maior da corrida vai para o terceiro toiro da tarde, da Ganadaria Los Maños, o primeiro toiro desta ganadaria a ser lidado em Madrid, após nesta praça ter marcado a sua antiguidade a 24 de agosto de 2018, numa novilhada. Toiro enclassado, humilhou durante toda a lide, com repetição e transmissão nas investidas, resumindo, toiro bravo! Thomas Dufau teve uma faena de altos e baixos, atingindo o seu ponto alto nalgumas séries com a flanela rubra por ambos os pitóns. Um pinchazo limitou-lhe as hipóteses de cortar troféus. O toiro “Matón” de Los Maños foi fortemente ovacionado no arraste.

Frente ao último da corrida, diante de um toiro de Saltillo totalmente diferente, a faena não resultou.

Sanchez Vara enfentou-se em primeiro lugar com o astado de Saltillo que tardava nas investidas, vivendo-se o ponto alto da faena no tércio de bandarilhas, realizado de forma eficaz pelo matador. Em quarto lugar enfrentou-se com mais um astado colaborador de Los Maños, ganadaria triunfadora da corrida. Ainda assim, a prestação não atingiu um patamar elevado.

Luís Bolívar não esteve nos seus melhores dias e ambas as faenas acabaram por não resultar da forma que certamente gostaria.

Tarde em que triunfaram os toiros de Los Maños e, por vezes, os toureiros não tiveram argumentos para potenciar as suas virtudes, dando a sensação que se poderia ter vivido uma tarde de triunfo, sobretudo nas lides dos 3º e 4º toiros, os mais destacados do curro, ambos de Los Maños.

Resumo por Tiago  Correia

Ultimos Artigos

Artigos relacionados