Portugal, Espanha e França unem-se para defender e promover a Tauromaquia

Portugal, Espanha e França assinam documento e unem-se para defender e promover a tauromaquia através da criação do Conselho Internacional de Tauromaquia.

Num dia histórico, a ProToiro (Portugal), La Fundación del Toro de Lidia (España), el Observatoire National des Cultures Taurines (Francia) chegaram a um acordo tripartido de cooperação internacional que foi assinado pelos presidentes das três organizações Paulo Carvalho (ProToiro), Victorino Martin (FTL) e André Viard (ONCT), em Madrid.

Deste acordo resulta a criação do “Conselho Internacional de Tauromaquia” (CIT), uma organização internacional que se baseia nas disposições legais, tratados e convenções de âmbito nacional e internacional que salvaguardam o direito de viver as culturas taurinas.

  • O Conselho Internacional de Tauromaquia propõe-se trabalhar nos seguintes âmbitos internacionais:
  • Estabelecer uma cooperação internacional sobre todos os temas relativos à prática, desenvolvimento, defesa e promoção da tauromaquia;
  • Apoiar os países nos quais o processo de reconhecimento da tauromaquia e das suas festividades como património cultural imaterial, segundo a Convenção da UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial (2003) ainda não esteja realizado;
  • Sensibilizar os actores institucionais e associativos das áreas culturais, económicas, sociais e educativas;
  • Informar as diversas formações partidárias e meios de comunicação sobre a realidade desta cultura indentitária e da maior importância nos três países.
  • Sensibilizar e informar as instâncias e organismos internacionais, como o Parlamento Europeu e a ONU, sobre a riqueza cultural, económica, social, artística e pedagógica da tauromaquia.

Dentro destes objectivos prioritários, será definido e apresentado em breve um programa de trabalho.

 

[Notícia em actualização]

 

 

 

 

 

Fonte / Fotografia: Touradas

Ultimos Artigos

Artigos relacionados