Luís Rouxinol e a Corrida de Domingo em Reguengos: “três toureiros com estilos diferentes mas que qualquer um deles dá sempre o máximo”

O Cavaleiro Luís Rouxinol perspectiva uma grande tarde de toiros no próximo domingo em Reguengos de Monsaraz. Corrida de comemoração dos seus 30 Anos de Alternativa. Veja as declarações.

Num cartel de recordação do dia em que lhe foi concedida a alternativa, Luís Rouxinol recorda a data 10 de Junho de 1987, na Monumental “Celestino Graça” em Santarém.  

“Guardo as melhores recordações como todos devem imaginar! Foi um dia muito sonhado, mas que eu nunca imaginei numa corrida tão importante como a que se realizou, que o meu sonho de me tornar profissional com a praça esgotada ao lado de três figuras como João Moura (meu padrinho), Joaquim Bastinhas e Rui salvador como testemunhas, ainda ganhasse o prémio em disputa era uma coisa que nunca pensei que acontecesse mas foi uma tarde que nunca irei esquecer!”

Sobre a corrida do próximo dia 11 de Junho, Rouxinol afirma “As expectativas são boas é uma data importante são trinta anos de alternativa. Fazer a comemoração numa praça como a de Reguengos onde há tantos aficionados e com o cartel da minha alternativa penso estarem reunidos todos os ingredientes para uma óptima tarde de toiros, mesmo tendo eu muita pena que o Joaquim Bastinhas não possa estar presente, pois seria a cereja no topo do bolo mas penso que vai ser uma boa corrida e que o público no final irá sair satisfeito!”

Para finalizar metemos Luís Rouxinol no papel de aficionado e perguntámos o que o levaria a ir à Corrida dos Maestros em Reguengos.

“Como aficionado ia a esta corrida porque está um cartel bem montado com três toureiros com estilos diferentes mas que qualquer um deles dá sempre o máximo, dois bons grupos de forcados e duas ganadarias que à partida podem proporcionar triunfos aos toureiros e claro… também pelos trinta anos de alternativa do Luís Rouxinol!”

 

 

Artigos Similares

Destaques