Livro “Campo Pequeno – 125 anos no Coração de Lisboa” foi ontem apresentado

Administração da Praça de Toiros do Campo Pequeno apresentou na tarde de ontem o livro “Campo Pequeno – 125 anos no Coração de Lisboa”, uma das iniciativas em curso em 2017, que marcam as comemorações do centésimo vigésimo aniversário do Monumental de Lisboa.

Com a coordenação de Manuel Andrade Guerra (texto) e Francisco Romeiras (fotografia), o livro reúne testemunhos, recolhidos ao longo dos anos, vividos por cada um dos autores convidados.

O livro inclui 11 capítulos, um deles assinado pelo antigo Primeiro-Ministro de Portugal, Pedro Santana Lopes, enquanto Elisio Summavielle, antigo Secretário de Estado da Cultura, assina o prefácio.

Os capítulos do livro são “Crônica da Inauguração”, na qual é reproduzida a página do Diário das Notícias com a crônica da corrida inaugural (18 de agosto de 1892), “Tradições de Lisboa (Miguel Alvarenga), “Histórias e Memórias” (Andrade Guerra e Paulo Pereira), “A Evolução do Toro” (Vasco Lucas), “A Importância dos Forcados” (Joaquim Grave), “Manuel dos Santos e o seu legado” (Manuel Jorge dos Santos) “Cortesia” (Pedro Santana Lopes),” A Praça-Mãe do toureio a cavalo “(Paulo Caetano),” Um Projeto Vencedor “(Paulo Pereira) e” Antes e Depois “(Paulo Pereira).

Os textos são ilustrados com documentos das coleções de Antonio Manuel Moraes, Grupo Tauromáquico Sector 1, Museu do Campo Pequeno e fotos de Emílio de Jesus, Francisco Romeiras, Frederico Henriques, Henrique de Carvalho Dias, Maria João Mil-Homens e Rui Oliveira , com “design” e concepção gráfica de Rita Mendes Rodrigues.

Numa data tão especial, pretendeu-se produzir um livro que perdurasse no tempo e, apesar da clara prevalência da atividade tauromáquica nos seus conteúdos, houve também a preocupação de mostrar que, no momento, o Campo Pequeno, além de ser  primeira praça de toiros do país, mantém e preserva valores indeléveis da cultura portuguesa.

A edição tem 1700 exemplares em português e 300 em inglês e pode ser comprada por 50 euros no Museu do Campo Pequeno e no “El Corte Inglés” (Lisboa e Porto).

 

 

 

 

foto: campo pequeno

 

Artigos Similares

Destaques