Las Ventas resolve o desnível da arena com Morante em perspectiva

O tema já é antigo, mas parece ter ganho finalmente o consenso geral. A Plaza 1 de Madrid, agora comandada pelo empresário francês Simón Casas, decidiu nivelar a arena da principal praça do mundo.

Alvo de algumas críticas por partes dos toureiros e alguns ganadeiros, esta medida foi tomada pela constante reivindicação do maestro Morante de La Puebla sobre o piso da arena que complicava a seu ver o próprio espectáculo. O toureiro de Puebla del Río em entrevista ao jornal ABC em janeiro deste ano, foi explícito nas suas intenções “A minha intenção é estar em Madrid e por parte de Simón (Casas) há bastante vontade em rebaixar a inclinação da arena, que não é nenhum capricho.”

É pública a sua admiração por Madrid, mas é igualmente conhecida a sua contenção pelas adversidades que se fazem sentir em Las Ventas. Na mesma entrevista ao jornal ABC, Morante foi taxativo “Passo muito mal. É uma praça muito ventosa, com um público hostil, embora quando surge um milagre é maravilhoso.”

Posto estas envolvências, a arena foi mesmo arranjada por vários trabalhadores da praça. Sendo devidamente nivelada, ainda que mantenha uma pequena inclinação para evitar problemas em caso de chuva, evitando que certos festejos sejam suspensos. Outra teoria, junto deste novo arranjo é que os curros de toiros que passarão por Madrid irão ter um piso mais plano e de maior conforto, com uma apresentação e trapio mais vincada aos olhos dos aficionados.

Morante como já é conhecido vai estar presente na temporada 2017 na Plaza 1 de Madrid, no dia 17 de junho, na Corrida da Cultura. O cartel é composto por toiros de Núñez del Cuvillo para Morante de la Puebla, Cayetano e um triunfador da Feira.

 

Morante em 2016 na Monumental de Las Ventas em Madrid / foto: desolysombra.com

 

foto: abc

Artigos Similares

Destaques