José Antonio Carretero despede-se hoje das arenas em Sevilha

José Antonio Carretero, um dos mais emblemáticos badarilheiros das últimas décadas, diz hoje adeus às arenas em Sevilha.

Após 26 anos de carreira e com mais de 2.000 corridas e 4.000 reses lidadas, Carretero termina esta tarde na Real Maestranza de Sevilha o seu notável percurso. Durante a sua carreira, actuou como subalterno de várias figuras – Joselito, Morante de la Puebla, Rafael de Paula, El Juli, Manuel Caballero e Tomás Rufo.

É sob as ordens do jovem matador Tomás Rufo que Carretero se despede esta tarde na primeira corrida da Feira de São Miguel. Lidam-se toiros de Hermanos García Jiménez e Olga Jiménez para ps matadores Morante de la Puebla, Juan Ortega e Tomás Rufo.

José Antonio Carretero seguirá agora a sua carreira como apoderado do matador Saúl Jiménez Fortes.

Artigos Similares

Destaques