(c/ vídeo) Morre o toureiro Iván Fandiño, vítima de uma colhida mortal em Aire Sur L’Adour (França)

Iván Fandiño, de 36 anos,  foi hoje vítima de uma colhida mortal em Aire Sur L’Adour (França) por um toiro de Baltasar Ibán. O diestro, natural de Orduña, sofreu uma grave colhida nas costas quando efectuava um quite ao toiro do matador Juan Del Alamo. Ainda seria transladado para o hospital de Mont de Marsan onde acabou por falecer durante o caminho.

https://www.youtube.com/watch?v=cmvebVYWsjo

(imagens Guy Tanguy / Alain Garres)

Iván Fandiño já tinha cortado uma orelha ao seu primeiro toiro e alternava nessa tarde com o já citado Juan Del Alamo e o toureiro francês Thomas Dufau.

Informa o diário francês “Sud-Oest” que o toureio já a caminho do hospital de Mont de Marsan disse as ultimas palavras ao seu colega Thomas Dufau “Que se den prisa en llevarme al hospital porque me estoy muriendo“.

O toureio esteve várias vezes em cartéis e feiras de primeira categoria sendo que um dos seus momentos mais importantes foi a encerrona a 29 de Março de 2015 em Las Ventas com as ganadarias Partido de Resina, Adolfo Martín, Cebada Gago, José Escolar, Victorino Martín y Palha numa tarde de noy hay billetes. Esteve em Portugal presente no Campo Pequeno em 2012, alternado com Bastinhas pai e filho, o matador Antonio Ferrera e o grupo de forcados amadores de Alcochete.

Iván Fandiño era na actualidade o único toureio do País Basco, vestiu-se de luzes a primeira vez em 1999 em Llodio, debuto com picadores em 2002 na sua terra natal e a 25 de Agosto de 2005 tira a alternativa em Bilbao tendo como padrinho Julian Lopes “El Juli” e testemunha Salvador Vega.

Aqui ficam alguns dos seus melhores momentos na monumental de Las Ventas.

https://vimeo.com/222036377

Artigos Similares

Destaques