Ganadaria de Higino Soveral regressa à Figueira da Foz em 2018

A empresa Tauroleve, gerida por Ricardo Levesinho e que esta manhã comunicou que continuará à frente do Coliseu Figueirense, anuncia o regresso da ganadaria de Higino Soveral à Figueira da Foz na presente Temporada de 2018.

Segundo o empresário, a contratação da divisa do Baixo Mondego decorre do “êxito alcançado na temporada transacta”.

Recordamos que foi lidado um sério curro de Higino Soveral na terceira e última corrida de toiros da Temporada de 2017 na Figueira da Foz, a 26 de Agosto. Em praça estiveram os cavaleiros António Ribeiro Telles, Sónia Matias, Marcos Bastinhas, Marcelo Mendes, Parreirita Cigano e Soraia Costa, bem como os Forcados Amadores de Tomar, Cascais e Redondo, numa corrida que serviu para comemorar o 25.º Aniversário da Ganadaria de Higino Soveral, tendo o ganadeiro dado volta à arena no quarto toiro da noite.

Partindo de um efetivo da antiga casta portuguesa dos campos do Mondego, a divisa de Higino Soveral foi reconstituída em 1974 através da compra de vacas e sementais de António Barbeiro, e em 1992, solicita a adesão à Associação de Criadores de Toiros de Lide, concluindo as provas de acesso em 1995. Entretanto, a partir daquela data, introduz sementais de Rio Frio, José Lupi e Ascensão Vaz para, ultimamente agregar um lote de vacas e sementais de José Luís Vasconcellos e Souza d’Andrade, procedência que progressivamente, tem substituindo o restante efetivo.

 

Toiros de Higino Soveral para a Temporada de 2018 na Figueira da Foz

 

 

 

 

 

Fotografias: André Leite / Florindo Piteira

Ultimos Artigos

Artigos relacionados