Forcados de Montemor e Monsaraz lançam o mote para a Corrida dos Maestros em Reguengos

Próximo domingo dia 11 de Junho , irá realizar-se uma grande Corrida de Toiros em Reguengos de Monsaraz na comemoração dos 30 Anos de alternativa de Luís Rouxinol. Veja as declarações dos Cabos do Grupo de Montemor e Monsaraz.

Para António Vacas de Carvalho, cabo dos Amadores de Montemor, “A corrida de dia 11 é uma corrida que o grupo de Montemor vê com a maior responsabilidade possível, isto porque em primeiro lugar é em Reguengos, Terra muito aficionada, em que o nosso grupo tem tanta tradição e um histórico de grandes triunfos, e em segundo lugar pelo festejo de 30 anos de alternativa de Luís Rouxinol, figura ímpar da nossa festa que temos muito orgulho em acompanhar neste dia de festa!”

Sobre o confronto das conceituadas ganadarias Murteira Grave e Passanha, o Cabo do grupo montemorense afirma “Pegar toiros da ganadaria Grave e Passanha é sempre um desafio, por muito diferentes que as Ganadarias sejam é um desafio pegar as duas pois são Ganadarias duras e cheias de história, cheias de triunfos em Portugal e além fronteiras. Mas em Reguengos vai ser um desafio muito interessante visto ser um público aficionado e que vai meter estas duas Ganadarias à prova!”

No que diz respeito aos Amadores de Monsaraz, o cabo Ricardo Cardoso mostra-se confiante no seu grupo, “Encaro a corrida com grande seriedade e sentido de responsabilidade, visto que partilhamos o cartel com 3 grandes figuras do toureio a cavalo e ao lado de um dos mais prestigiados grupos de forcados. O grupo está confiante e determinado em defender as nossas ramagens e acima de tudo a imagem do forcado amador. Estamos na nossa praça e temos o compromisso de contribuir para um espectáculo agradável para que os aficionados possam desfrutar.”

Sobre os toiros escolhidos para a corrida, Ricardo Cardoso sublinha a qualidade das duas ganadarias “Grave e Passanha, são duas afamadas ganadarias da nossa região com tipos e encastes completamente diferentes. É para nós um desafio, sempre com o devido respeito, pegar toiros destas duas divisas. Penso estarem reunidas todas as condições para uma boa tarde de toiros.”

Em praça vão estar os cavaleiros João Moura, Rui Salvador e Luís Rouxinol, numa corrida de recordação do dia de alternativa de Rouxinol.

 

 

 

fotografia: florindopiteira

Artigos Similares

Destaques