Equador: Feira de Latacunga encerra com quatro orelhas e um indulto

A Feira Taurina de San Isidro Labrador, na cidade de Latacunga (Equador), encerrou ontem com uma corrida de toiros apoteótica, na qual foi cortado um total de quatro orelhas e ainda houve espaço para um indulto.

O cartel da segunda e última corrida da Feira de Latacunga era constituído por António Ferrera, David Fandila “El Fandi” e Sebastián Castella, lidando-se toiros de Triana, Ortuño Huagrahuasi.

O auge da corrida aconteceu na lide do quinto toiro da tarde, por El Fandi — o exemplar n.º 68 da Ganadaria de Huagrahuasi, de seu nome “Cortez” e com 520 quilos, mostrou bravura, raça e transmissão, o que permitiu ao matador espanhol uma faena cheia de encanto, levando o público equatoriano ao delírio, culminando no seu indulto. Abriu a porta grande.

António Ferrera executou duas faenas extraordinárias, com inspiração e sentimento, o que desembocou no corte de duas orelhas ao seu primeiro toiro de Triana e de uma ao seu segundo, da Ganadaria de Ortuño. Por isto, abriu com Ferrera a porta grande de Latacunga.

Menos sorte com o lote de toiros que lhe saiu em sorte teve o francês Sebastián Castella, que recebeu dois toiros difíceis, embora tenha conseguido cortar uma orelha ao seu primeiro toiro da tarde, da Ganadaria de Triana.

FICHA DO FESTEJO

  • Praça de Toiros de Latacunga (Equador), 2.ª Corrida da Feira Taurina de San Isidro Labrador
  • Toiros de Triana, Ortuño e Huagrahuasi
  • António Ferrera: duas orelhas e orelha
  • El Fandi: silêncio e duas orelhas e rabo simbólicos (toiro indultado)
  • Sebastián Castella: orelha e palmas

Ultimos Artigos

Artigos relacionados