Campo Pequeno: “A responsabilidade é enorme para o Grupo de Évora”

Campo Pequeno recebe a 16 de Maio a corrida de comemoração do 13º aniversário da Reinauguração da Praça de Toiros do Campo Pequeno. O cabo do GFA Évora revela que esta corrida é de grande responsabilidade para o seu grupo.

A 16 de Maio, o Campo Pequeno recebe a segunda corrida do Abono 2019, pelas 21h45, para comemorar o 13º aniversário da Reinauguração da Praça de Toiros do Campo Pequeno.

Desta vez, Pablo Hermoso de Mendoza irá alternar com Luís Rouxinol, um dos cavaleiros mais carismáticos e mais queridos pelo público, há trinta anos primeira figura do toureio a cavalo. Completa o cartaz João Moura Júnior, figura com projecção internacional da nova geração, digno continuador do apelido Moura no firmamento dos cavaleiros tauromáquicos.

Dois grandes grupos de forcados estarão em praça: Os Amadores de Lisboa e os Amadores de Évora que lidarão seis poderosos toiros de Francisco Romão Tenório.

A Tauronews esteve à conversa com João Pedro Oliveira, cabo dos Amadores de Évora que afirma: “Pisar a arena da 1ª praça do país é uma sensação única e indescritível. Os triunfos ou desaires tem o dobro da expressão em Lisboa, para o bem ou para o mal. Por isso, a responsabilidade é enorme para o Grupo de Évora que irá estar determinado a ter uma grande actuação”. Para o cabo esta data é importante pois “esta data de aniversário da reinauguração do Campo Pequeno, é por si só especial para o Grupo de Forcados Amadores de Évora, pois nos últimos nove anos, estivemos por seis vezes presentes nesta corrida com forte carisma no abono lisboeta. Penso que é nítida a confiança depositada pela empresa no nosso grupo e a nossa resposta terá de ser dada dentro de praça com três grandes pegas”.

 

Artigos Similares

Destaques