Bonito sucesso para celebrar os 10 anos do GFA Cartaxo

Bonito sucesso para celebrar os 10 anos do GFA Cartaxo

  • 25 de junho de 2022, Cartaxo
  • Festas da Cidade
  • Cavaleiros: Filipe Gonçalves, Parreirita Cigano e Luís Rouxinol Jr
  • Forcados: Cartaxo
  • Ganadaria: Vale Sorraia
  • Direção de Agostinho Borges assessorado por Jorge Moreira da Silva
  • Praça a 3/4 de lotação

Antecedeu as cortesias a procissão das velas em honra do Santo Padroeiro do Cartaxo e por conseguinte do Grupo de Forcados da Terra, S. JOÃO BATISTA. Um momento de arrepiar. Grupo bem fardado, e com cerca de 40 elementos devidamente fardados a imagem do forcado amador e dos homens das Jaquetas de Ramagens saem dignificados. Foi ainda a apresentação pública do Pasodoble, durante as cortesias, “Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo”.

Filipe Gonçalves enfrentou, o pior lote da corrida o que não permitiu que o toureiro algarvio não tenha conseguido impôr o seu toureio. O primeiro com investidas inesperadas para colher e no segundo Vale de Sorraia reservado, não rematando as sortes, sonso. Destacou-se pelos seus célebres e festejados pares de bandarilhas e um de palmo que empolgou o público presente.

Parreirita Cigano, o toureiro da Terra, no primeiro que lhe calhou em sorte não teve uma atuação facilitada, restando-lhe a entrega, a valentia e a luta que o seu público reconheceu e aplaudiu. Teve um curto de valor, a arriscar tudo. No seu segundo, talvez o mais bravo da corrida, que se arrancava de todo o lado, permitiu um toureio vistoso que divertiu o público ao ladear a rematar as sorte.

Luís Rouxinol Jr veio ao Cartaxo com ganas de triunfar, bregou com qualidade e cravou ao estribo, acabando com um ferro de palmo bastante aplaudido. No segundo Vale de Sorraia teve uma lide limpa com principio, meio e fim. É sem sombra de dúvida uma esperança que em breve chegará ao topo.

O Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo em noite de comemoração dos 10 anos e exaltação, ultrapassou as dificuldades que os Sorraias apresentaram quer nos momentos das reuniões durissimas quer nas “mangadas” e nas viagens, sempre bem ajudados pelos restantes 7 elementos, em especial o primeiro ajuda que deu volta à Praça merecidamente.

O jovem Grupo demonstrou que necessita de mais e melhores opotunidades pois cumpriram com galhardia as duras pegas dos Sorraias não lhes permitindo oportunidades de os desfeitar. Foram caras , Bernardo Sá à 3ª tentativa, Vasco Campino, Fábio Beijinho, Duarte Campino, Francisco Gonçalves, e luri Tristão todos à 1ª tentativa.

Dirigiu a corrida com autoridade habitual Agostinho Borges assessorado pelo Dr. Jorge Moreira da Silva. Uma palavra para excelente apresentação e bom jogo dos Vale Sorraia.

Todos os toureiros e forcados foram autorizados a dar as respectivas voltas à arena e todos os Toureiros excepto Parreirita Cigano, brindaram o Grupo aniversariante, atitude que não passou despercebida ao público da Terra.

Artigos Similares

Destaques