Armando Vara e BCP levaram Campo Pequeno à falência

O jornal SOL revelou hoje que Armando Vara, e o banco BCP criaram um bloqueio financeiro ao Campo Pequeno, levando-o à falência.

O BCP queria o negócio do Campo Pequeno e para isso, controlar a SCRUP (Sociedade de Renovação Urbana do Campo Pequeno) sociedade que geria a praça de toiros das capital e o centro comercial, e, para isso, terá utilizado um ardiloso estratagema fraudulento.

A notícia é avançada pelo jornal SOL, que teve acesso à queixa apresentada no Ministério Público e no Tribunal de Contas pela família Borges (detentora de 45% da SCRUP),

De acordo com os queixosos, o BCP terá tentado nomear Armando Vara como administrador da SCRUP, adquirindo os 45% desta pertencentes à IPG, os quais somaria aos 10% já possuídos pelo BCP.

Artigos Similares

Destaques