A negociata do PAN com Costa e as invenções de Sousa Real

É mais necessário saber votar mais do que nunca no próximo dia 30 de Janeiro de 2022. Alertamos para isso desde a Tauronews depois da Rádio Renascença ter revelado umas declaração da líder do PAN sobre as corridas de toiros e o OE chumbado de 2022. Ou seja, a negociata cozinhada entre PAN e Governo de Costa.

Inês Sousa Real, adiantou hoje que do acordo do PAN com o governo de António Costa constavam as seguintes medidas: Para a próxima legislatura ficou um levantamento de todos os financiamentos públicos à tauromaquia, para de alguma forma podermos depois perceber de onde estão a provir com vista à sua eliminação”, assim como o fim das corridas de toiros em praças amovíveis. Outra das medidas negociadas era o fim de espectáculos tauromáquicos em praças desmontáveis e diz ainda líder do PAN: Tendo em conta que não há uma capacidade de cumprimento do regulamento do espetáculo tauromáquico, entendemos que elas já não devem existir e que a atividade deve ser limitada às praças fixas, enquanto não é abolida”, explica a deputada do PAN.

Em declarações à Renascença, Inês Sousa Real queixa-se ainda de outro problema relacionado com menores e tauromaquia: a 18 de setembro, houve uma corrida de toiros na Azambuja na qual menores de 16 participaram diretamente no espetáculo, o que é proibido por lei; agora, o PAN irá fazer queixa. Há aqui uma fiscalização que cabe ao Estado cumprir, mas não está a ser feito. Temos que alertar desde aqui que dita senhora gosta muito de omitir certas coisas da sua vida pessoal como é o caso, das estufas que afinal para ela são meros túneis, 100% ambientalistas, das embalagens de plástico que ela usa nas suas empresas mas que para a dita deputada devem ser de um plástico menos poluidor, etc.. E na sua vida pública gosta de inventar factos… Voltemos ao caso denunciado por dita senhora… Na Azambuja a 18 de Setembro do ano 21 constavam do cartel os cavaleiros: João Moura, Francisco Cortes, Paulo Jorge Santos, Parreirita Cigano, Luís Rouxinol Jr, Francisco Núncio que se saiba nenhum tem menos de 18 anos… Senhora Sousa Real assim não vale…

Portugal poderá caminhar depois de 30 de Janeiro para uma governação dependente de meia dúzia de votos que têm o único objectivo de dar uns “bolos a meia dúzia de tolos” fundamentalistas que votam nesta gente… Impondo o seu gosto à maioria!  Praticando depois os eleitos coisas bem diferentes na sua vida real do que cantam aos sete ventos, caso das ditas estufas… Por exemplo! Como dizia Frei Tomás: “Olha para o que ele diz, não olhes para o que ele faz.”

 

Ultimos Artigos

Artigos relacionados