A Paixão é quanto basta…

A Tauromaquia enquanto Arte vive essencialmente, como todas as outras, da Paixão que é capaz de gerar… Paixão por parte dos seus intérpretes (e aqui incluímos os Ganaderos, na total acepção de verdadeiros artistas da bravura), por parte dos seus organizadores e, como não, por parte do seu público… Só um imenso amor e dedicação…